Notícias

18/10/2019 - Operação combate comércio ilegal de orquídeas em Pernambuco

Brasília (18/10/2019) – O Ibama, em conjunto com a Delegacia de Meio Ambiente da Polícia Civil, apreendeu até o momento 489 plantas da família Orchidaceae comercializadas ilegalmente na área externa de onde acontece a 40ª Mostra de Orquídeas de Pernambuco. Quatro pessoas foram detidas em flagrante.

 

A operação Cattleya foi planejada a partir de relatos recebidos pelo Ibama em edições anteriores da Mostra, onde ambulantes aproveitam-se do evento para vender orquídeas nativas retiradas da natureza sem autorização da autoridade ambiental competente. De acordo com a investigação, o comércio irregular acontece no bairro de Santo Amaro, em Recife, nas proximidades da Associação Orquidófila de Pernambuco (Assope).

 

O comércio de orquídeas cultivadas por produtores autorizados, geralmente em estufas, não está sujeito a restrições legais. Mas as orquídeas apreendidas foram extraídas em matas nativas nos estados de Alagoas, Bahia e Pernambuco, o que viola a legislação ambiental. Os responsáveis pela venda ilegal de orquídeas serão autuados com base no artigo 47 do Decreto n° 6.514/2008. O valor da multa é de R$ 300 por unidade.

 

Durante a ação fiscalizatória, os agentes ambientais inspecionam cada planta em busca de características típicas de plantas encontradas em ambiente silvestre: raízes soltas do substrato, folhas roídas por insetos, presença de fungos, e tamanhos e formas irregulares.

 

As orquídeas são especialmente protegidas pela Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Fauna e da Flora Silvestres Ameaçadas de Extinção (Cites), tratado internacional do qual o Brasil é signatário.

 

Fonte: Ibama



MISSÃO

Prestar serviços em âmbito nacional nos setores mineral e ambiental com alta qualidade contribuindo para o desenvolvimento sustentável do país.

VISÃO

Ser uma empresa referência no seu segmento, prestando serviços de alta qualidade que atendam às necessidades do cliente de maneira personalizada.

VALORES

Cordialidade, Qualidade, Sustentabilidade, Eficiência.